Bianca Loyolla: "Ser miss para mim é ser o olhar dos desassistidos" - O Democrata - O Democrata O Democrata - Noticia toda hora

Bianca Loyolla: “Ser miss para mim é ser o olhar dos desassistidos”

A jovem de 26 anos é moradora do Gama e ganhou o concurso de Miss Mato Grosso do Sul CNB 2019

Regional

1 semana atrás

Ser coroada em um concurso de miss não é uma tarefa das mais fáceis. Exige dedicação para atender aos critérios considerados pelo júri. No caso de Bianca Loyolla, Miss Mato Grosso do Sul CNB 2019, exigiu também engajamento em projetos sociais.

“Ser miss para mim é ser a voz dos desassistidos”, comenta Loyolla. A jovem de 26 anos visitou a redação do jornal O Democrata onde concedeu entrevista. “A palavra que eu levo para mim é ‘humildade’. Independente do título de miss, eu levo essa característica para mim onde quer que eu esteja”, completa.

Nascida em Linhares (ES), mora no Gama há seis anos. Porém, acabou concorrendo ao título de miss estado do Mato Grosso do Sul e ganhou. No dia 3 de setembro, em Porto Alegre (RS), aconteceu a final do Miss Brasil, onde Loyolla ficou na quarta colocação.

O projeto que Bianca representa e o “ConstruAção”, que consiste em plantio de hortas comunitárias. Ficou primeiro colocado quando ela concorreu ao Miss DF, representando o Lago Sul em 2018.

“Eu vou a bairros carentes e planto uma horta que dão sustentabilidade à comunidade”, explica Bianca. O projeto existe em Santa Maria do Goiás e em Campo Grande, capital sul-matogrossense.

A participação de Bianca lhe rendeu o título de Miss Cordialidade. E é com a simpatia reconhecida pelo júri do concurso que ela apresenta o estado do Mato Grosso do Sul. “O Mato Grosso do Sul é um estado rico em cultura”, afirma categoricamente Loyolla. Ela exemplifica falando do tereré, uma bebida semelhante ao chimarrão do Rio Grande do Sul.

Mas a riqueza cultural não se resume à iguaria, com belezas naturais como o Pantanal. Em Bonito, uma das principais cidades turísticas do estado, ela destacou a recepção. “Fiquei uma semana na cidade e lá eles amam miss. Ganhei presentes, massagens, cartas”, relembra.

Bianca fica com o título de miss Mato Grosso do Sul CNB até abril de 2020, quando ocorre a concurso anual.

Fonte: REDAÇÃO O DEMOCRATA
últimas noticias
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade