Bombeiro é içado sem equipamento de proteção em buraco de 5 metros para resgatar criança no DF - O Democrata - O Democrata O Democrata - Noticia toda hora

Bombeiro é içado sem equipamento de proteção em buraco de 5 metros para resgatar criança no DF

Buraco tinha 50 centímetros de diâmetro e 5 metros de profundidade. Menina, de 2 anos, ficou presa por 15 minutos.

6 dias atrás

Um sargento do Corpo de Bombeiros mergulhou de cabeça em um buraco de 50 centímetros de diâmetro e 5 metros de profundidade para resgatar uma criança de 2 anos. O socorro foi prestado por volta das 14h deste domingo (10) em São Sebastião, região administrativa do Distrito Federal.

Por conta do diâmetro da vala, o bombeiro não conseguiu sequer usar a roupa de proteção e tampouco o capacete. Ele, inclusive, foi escolhido para a missão por ser o mais magro da equipe de resgate – 66 quilos.

 O sargento desceu com uma corda amarrada nos tornozelos e uma lanterna na cabeça e levou cerca de 20 segundos para tirar a menina do buraco. Após o socorro, ela foi levada ao Hospital de Base com alguns arranhões, em decorrência da queda. Ao todo, a menina ficou 15 minutos dentro da vala.

De acordo com os bombeiros, o acidente ocorreu enquanto a criança passeava com o pai. “O pai relatou que eles estavam ali contemplando a paisagem”, explicou o major Gildomar Alves. “E quando ele desviou o olhar e voltou, só viu a poeira. A filha tinha caído.”

O buraco havia sido cavado para fazer a fundação de uma casa que será construída em Morro da Cruz, uma região dentro de São Sebastião. Como este onde a menina caiu, há cerca de outros 20. Segundo a reportagem, que esteve no local, nenhum deles estava tapado ou com aviso de perigo.

Fonte: G1
últimas noticias
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade