HRG abre campanha de Outubro Rosa - O Democrata - O Democrata O Democrata - Noticia toda hora

HRG abre campanha de Outubro Rosa

Profissionais de saúde e comunidade poderão agendar os atendimentos durante todo o mês

Regional

6 dias atrás

O Hospital Regional do Gama abriu, nesta terça-feira (08/10), uma série de trabalhos de conscientização e atendimento às mulheres sobre o Outubro Rosa. Com isso, os organizadores esperam realizar atendimentos para preventivos com foco no combate aos cânceres de mama e de colo do útero.

Na abertura, as servidoras da unidade tiveram uma palestra que esclareceu quais são os sinais aos quais a mulher deve ficar atenta, como fazer corretamente o autoexame, entre outros assuntos. No Brasil, o câncer que mais mata mulheres é o de mama.

Ângela Sousa, gerente da Policlínica do HRG, diz que os atendimentos acontecerão às terças, quintas e sextas, no horário de 7 às 12h e de 13 às 18h. Tanto as servidoras quanto a comunidade podem procurar a unidade de saúde para realizar os exames, sem a necessidade de agendamento prévio. “Nós estaremos atendendo de portas abertas durante este mês de outubro”, reforça.

Durante esses dias, haverá 15 vagas na parte da manhã e outras 15 à tarde. Um enfermeiro e um ginecologista devem realizar o atendimento.

Exames

André Amorim, enfermeiro sanitarista especializado em saúde pública, explica que os exames de câncer de mama e de colo do útero sejam realizados uma vez por ano. No caso do exame de mama, a recomendação é que ele seja feito a partir dos 40 anos, enquanto o outro deve ser feito a partir do momento em que a mulher tiver sua primeira relação sexual.

Já o autoexame deve ser feito próximo aos períodos menstruais, num espaço de dez dias antes ou depois da menstruação. “A mulher vai ficar de frente ao espelho, ela elevar um dos braços até a cabeça e com o outro vai apalpando a mama do lado em que o braço está levantado”, explica André.

Ao final do exame, diz o especialista, a mulher deve espremer o bico do mamilo para verificar se há a saída de algum líquido. “Qualquer presença de líquido esverdeado, escuro ou sanguinolento, há o risco de câncer”, ressalta. Se isso acontecer, a mulher deve procurar imediatamente o médico. André diz ainda que qualquer nódulo que não cause dor é um sinal de alerta e a paciente deve procurar assistência médica.

Foto: Site Tua Saúde/Reprodução
Fonte: Da Redação
últimas noticias
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade