Ibaneis diz que terceirizados em greve serão pagos “o mais rápido possível” - O Democrata - O Democrata O Democrata - Noticia toda hora ...

Ibaneis diz que terceirizados em greve serão pagos “o mais rápido possível”

Governador Ibaneis disse houve liberação de recursos nessa segunda-feira e que o secretário da Saúde está empenhado na solução do problema

Regional

6 dias atrás

O governador Ibaneis Rocha comentou, na manhã desta terça-feira (14/9), sobre a paralisação dos terceirizados na limpeza dos hospitais públicos do DF. Segundo o chefe do Executivo local, o secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache, está empenhado em solucionar o problema. “Já fizemos uma liberação de recursos na data de ontem [segunda-feira] e a gente deve pagar isso o mais rápido possível. Houve um período de transição, necessidade de análise dos processos. Mas vamos fazer isso com a maior rapidez possível”, informou.

Ibaneis fez o comentário durante a cerimônia de boas-vindas aos 1,8 mil novos integrantes do programa Jovem Candango, da Secretaria de Esporte e Lazer (SEL). O evento ocorreu às 10h, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Sem receber salários, 800 profissionais terceirizados contratados para manter a limpeza na rede pública de Saúde do Distrito Federal entraram em greve nessa segunda-feira (13/09). A paralisação afeta hospitais públicos e postos de vacinação contra Covid-19.

Segundo o Sindicato de Serviços Terceirizáveis (Sindiserviços-DF), os trabalhadores só voltarão aos postos após os pagamentos. O salário base dos profissionais é de R$ 1,1 mil, sem contar com eventuais adicionais de insalubridade.PUBLICIDADE

“Esses atrasos estão virando um câncer. Nós não podemos ficar sempre com os salários atrasados”, desabafou a presidente do Sindiserviços, Maria Isabel Caetano dos Reis.

Atrasos em pagamentos estão afetando os serviços de limpeza e vigilância em toda rede pública de Saúde. Durante coletiva nesta segunda-feira (13/09), o secretário de Saúde, Manoel Luiz Narvaz Pafiadache, afirmou que os problemas envolvendo os contratos terceirizados serão resolvidos até quarta-feira (15/09).

Fonte: metrópoles
últimas noticias
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade