PP e DEM são os partidos que mais expandiram a quantidade de vereadores - O Democrata - O Democrata O Democrata - Noticia toda hora ...

PP e DEM são os partidos que mais expandiram a quantidade de vereadores

Na outra ponta, PSDB e PV foram os que mais perderam vagas nos legislativos municipais

Nacional

2 semanas atrás

O PP e o DEM firmaram-se como os dois partidos que mais expandiram a quantidade de vereadores nas eleições municipais de 2020. O Progressistas ganhou 1,4 mil novos postos em legislativos municipais. A sigla é comandada pelo senador Ciro Nogueira (PP-PI), a maior agremiação do Centrão.

O Democratas, por outro lado, elegeu no pleito deste ano 1,2 mil vereadores a mais se comparado com a disputa de 2016. O presidente nacional da sigla é o prefeito de Salvador, ACM Neto, e o partido ainda conta com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

As siglas do Centrão foram as que mais ganharam vereadores. O terceiro lugar é do Republicanos, com 821 legisladores a mais. Em seguida, vem o PSD, com 809, e o Podemos, com 639.

O PT sofreu nas eleições de 2016 por conta do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e este ano ainda teve um corte grande: perdeu 261 vereadores. O único partido de esquerda que ganhou parlamentares foi o PSol, que saiu de 56 para 75.

O gráfico a seguir mostra o desempenho por partido. Quando não há informação sobre a sigla é porque o partido foi extinto ou incorporado a algum outro.

Análise do cenário

Em um ano atípico, marcado pela pandemia do novo coronavírus, o 1º turno das eleições municipais de 2020 começou a desenhar, segundo especialistas consultados, mudanças no cenário político: PSol e PDT ganham força junto à esquerda, com o PT enfraquecido; o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e aliados perdem corpo, com resultados abaixo do esperado e diminuição do apelo da chamada “antipolítica”; e o bloco de partidos de centro surge como uma alternativa à polarização desenfreada de 2018, com destaque para o DEM, que elegeu três prefeitos de capitais em primeiro turno.

Apenas três partidos elegeram, em primeiro turno, candidatos nas capitais do Brasil. Uma das principais siglas de centro-direita do país, o Democratas (DEM) venceu em 3 das 25 capitais em que houve votação nesse domingo (15/11). Logo atrás, empataram o PSDB e o PSD, ambos com duas vitórias confirmadas. Em relação ao segundo turno, o MDB é a sigla que mais vai disputar prefeituras nas 18 capitais com votação a ser definida no próximo dia 29. São 7 cidades em que o partido é uma das duas opções dos eleitores.

Fonte: metrópoles
últimas noticias
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade