Progressistas dá salto em 2020 com 2º maior bancada de prefeitos em Goiás - O Democrata - O Democrata O Democrata - Noticia toda hora ...

Progressistas dá salto em 2020 com 2º maior bancada de prefeitos em Goiás

Em quatro anos, sigla cresceu 40% em relação a prefeitos e aproximadamente 50% com vereadores e ficou atrás apenas do DEM do governador Ronaldo Caiado

Nacional

2 semanas atrás

O Progressistas deu um salto em Goiás nestas eleições com a vitória de 31 prefeitos, 30 vice-prefeitos e 311 vereadores. E a sigla de Alexandre Baldy pode chegar a 32 chefes de Executivo se reeleger Roberto Naves em Anápolis. O partido recebeu mais de 373 mil votos dos goianos. Os números levaram o partido a se tornar o segundo maior do estado em número de gestores municipais, ficando atrás apenas do DEM do governador Ronaldo Caiado.

“É um orgulho poder estar à frente do partido neste momento de crescimento expressivo. Sabemos que o trabalho foi duro e agradecemos a confiança do povo goiano em eleger os nossos prefeitos e vereadores. Tenho certeza de que os próximos quatro anos serão de desenvolvimento, resultados e muito progresso nesses municípios”, declarou o presidente do Progressistas Goiás, Alexandre Baldy.

Em 2016, foram eleitos 231 representantes, 22 prefeitos e 209 vereadores. Ou seja, em quatro anos, o partido cresceu 40% no que se refere ao Executivo e quase 50% em relação à representatividade no Legislativo.

Representatividade

A partir de 2021, o Progressistas Goiás terá representantes no Executivo de 54 municípios. Já nas Câmaras Municipais, estará em 120 municípios goianos. Ou seja, no total, os progressistas estarão presentes em 141 municípios do Estado.

Do total de prefeitos eleitos, 27 são homens e quatro mulheres. Quanto aos vices, foram 24 homens e seis mulheres. Já nos Legislativos, serão 260 homens e 51 mulheres. Para Baldy, o crescimento do partido em todo o estado se deve a um planejamento realizado nos últimos dois anos, em que teve como foco a base municipal e o suporte necessário aos militantes partidários, prefeitos e vereadores.

Fonte: jornal opção
últimas noticias
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade