Servidores protestam contra congelamento de salários e benefícios - O Democrata - O Democrata O Democrata - Noticia toda hora

Servidores protestam contra congelamento de salários e benefícios

Sindicatos levaram um “Micheleco Vampirão” para porta da Câmara dos Deputados. PLDO 2019 deve ser votada nesta quarta-feira (11/7).

Nacional

1 semana atrás

   Entidades representativas de servidores públicos federais protestam no Congresso Nacional contra a possibilidade de congelamento de salários e benefícios da categoria no próximo ano como previsto no Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2019. Os manifestantes levaram um boneco gigante do presidente Michel Temer para convencer deputados e senadores a votarem contra o parecer nesta quarta-feira (11/7). O “Micheleco Vampirão” foi instalado na entrada do prédio do anexo 2 da Câmara.

Além de suspender reposições salariais, o PLDO elimina a criação de novos cargos por meio de concursos. Antes da sessão da Comissão Mista de Orçamento (CMO), os manifestantes foram recebidos por deputados contrários ao relatório do senador Dalírio Beber (PSDB-SC). Entre os parlamentares que participaram do protesto, estão Erika Kokay (PT-DF) e Weliton Prado (Pros-MG).

Se aprovado o texto na comissão, a proposta seguirá direto para o plenário, conforme planejado pelo presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (MDB-CE). A votação do PLDO 2019 pode ser feita ainda na noite desta quarta.Centrais sindicais têm promovido uma força-tarefa para tentar barrar o congelamento de salários de benefícios. No Congresso, representantes da categoria se reuniram com parlamentares da base governista, como o senador Romero Jucá (MDB-RR), e da oposição.

Além disso, os servidores públicos federais queixam-se da possibilidade de corte de 10% das verbas de custeio para funcionamento dos órgãos públicos. As entidades representativas alegam que serviços básicos em saúde, segurança e educação poderão ser afetados com a medida.

Fonte: Metrópoles
últimas noticias
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade