ODemocrata

Empresário que disparou contra casal durante briga de trânsito em Boituva é preso

Segundo a Polícia Civil, o carro de Adriano Domingues da Costa foi interceptado por policiais em Alumínio (SP); ele seguia para Itapetininga (SP), onde iria se apresentar. Gabrielle Gimenez e William Isidoro estavam no carro que foi atingido por Adriano, mas não ficaram feridos

O empresário Adriano Domingues da Costa, procurado por atirar contra o carro de um casal em Boituva (SP), na Rodovia Castello Branco, na sexta-feira (14), foi preso em Alumínio (SP) no início da tarde desta quarta-feira (19). Ninguém ficou ferido durante a briga de trânsito.

Segundo a polícia, Adriano teve o carro interceptado por policiais e acabou detido, pois tinha um mandado de prisão contra ele. Conforme apurado pela TV TEM, Adriano estava a caminho da delegacia de Itapetininga (SP), onde iria se entregar.

Empresário que atirou em carro de casal durante briga de trânsito na rodovia Castello Branco, em Boituva (SP), é preso em Alumínio (SP) — Foto: Reprodução/TV TEM

O empresário foi transferido para a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Itapetininga, onde deverá prestar depoimento durante a tarde desta quarta. Em seguida, deverá ser encaminhado para unidade carcerária da região.

Ele é investigado desde quando usou uma pistola com numeração raspada para atirar contra Gabrielle Gimenez e William Isidoro, durante uma briga de trânsito na Rodovia Castello Branco (SP-280). Além disso, a Delegacia Seccional de Itapetininga informou que Adriano não tem porte nem registro da arma.

No domingo (16), os policiais cumpriram um mandado de busca e apreensão na casa de Adriano em Mairiporã (SP), onde apreenderam um cofre, uma tonfa – tipo de arma branca originária das artes marciais de Okinawa, no Japão – e o passaporte do suspeito.

Segundo a polícia, este cofre que foi apreendido na residência de Adriano será aberto na presença dele na delegacia.

Arma usada durante briga de trânsito em rodovia de Boituva (SP) é entregue à polícia — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Arma usada durante briga de trânsito em rodovia de Boituva (SP) é entregue à polícia — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Na tarde de segunda-feira (17), o advogado de Adriano havia entregado a pistola calibre.380 usada no ataque à polícia, além de pedir para que a Justiça reconsiderasse o mandado de prisão temporária contra ele. Porém, a Justiça negou o pedido da defesa e o homem era considerado foragido até a manhã desta quarta-feira.

O caso é investigado pela Polícia Civil como tentativa de homicídio por motivo fútil.

Briga de trânsito

Diversos vídeos que circulam nas redes sociais mostram o momento em que o suspeito, Adriano Domingues da Costa, dá três disparos: um na direção de Gabrielle e dois no pneu do veículo do casal (assista abaixo). A briga de trânsito aconteceu na Rodovia Castello Branco, na sexta-feira.

https://imasdk.googleapis.com/js/core/bridge3.646.1_pt_br.html#goog_43295817Reproduzir vídeo

Motorista atira em carro durante briga de trânsito em Boituva

Antes da ameaça e dos tiros, é possível ver o motorista de uma caminhonete modelo Hilux sendo “fechado” por um veículo Tracker na altura do quilômetro 110 da rodovia, por volta das 14h. Os dois veículos encostam.

Em seguida, a passageira do primeiro carro diz para as crianças, que seriam filhas dela e do motorista, ficarem no veículo: “Fica aí, crianças. Não deixa descer as crianças”. O homem e a mulher descem e caminham em direção ao outro veículo.

Armado, o homem pede para a passageira abaixar o vidro do outro carro. Durante o ocorrido, é possível notar que a vítima está ao telefone com a Polícia Militar e é orientada a não abrir a janela do carro.

Como não é atendido, o homem dá um tiro em um dos pneus do veículo e, depois, dispara em direção à passageira. A bala acerta apenas o vidro da frente do carro e ninguém fica ferido. A seguir, o suspeito atira novamente contra o pneu do veículo.

Em outro momento, o suspeito aparece dando coronhadas com a arma na janela da passageira e questionando: “o que você quer, filho da p*? Tá feliz, seu filho da p*?”. Por fim, ele e a mulher voltam para o veículo.

O casal que teve o carro atingido disse, durante depoimento à Polícia Civil, que não conhecia o suspeito. A informação foi divulgada pela polícia durante uma coletiva de imprensa realizada na tarde de terça-feira (18), em Itapetininga.

William e Gabrielle prestaram depoimento por videoconferência, na noite de segunda-feira (17).

Casal que estava em veículo atingido por tiros diz que motorista dirigia em alta velocidade — Foto: TV Globo/Reprodução

Casal que estava em veículo atingido por tiros diz que motorista dirigia em alta velocidade — Foto: TV Globo/Reprodução

Siga ODEMOCRATA no Instagram pelo link www.instagram.com/odemocrata
📰Leia e veja as melhores notícias do Distrito Federal, entorno de Brasília, Brasil e do mundo🌎dando ênfase para notícias regionais📍e de utilidade pública.
✔️ANUNCIE CONOSCO
🟩WhatsApp📱(61)98426-5564📱(61)99414-6986
✅Confira nossa tabela de preço. Fazemos permutas e parcerias🤝🏽
PORTAL DE NOTÍCIAS
📲ODEMOCRATA
🌎SEMPRE CONECTADO COM VOÇÊ🖥️

fonte:

g1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *