PCDF desmantela esquema de fraude milionária em site de anúncios

Alvo de operação criou um mecanismo de “BotAds” que impulsionavam anúncios por meio de contas falsas e mantinham publicações em destaque

Computadores abertos no chão

Policiais civis da Divisão de Repressão aos Crimes contra a Propriedade Imaterial deflagraram, na manhã desta quinta-feira (20/6), a Operação Bad Bots, contra um homem de 53 anos suspeito de usar um software para criar contas falsas e impulsionar anúncios em site de classificados.

A plataforma alvo do investigado tem como política mostrar no topo de cada categoria de produtos as publicações mais recentes dos usuários, dando, assim, mais visibilidade ao anúncio.

Segundo a PCDF, o investigado criou um mecanismo de “BotAds” que impulsionavam anúncios por meio de contas falsas e, dessa forma, mantinham as publicações em evidência, sem o devido pagamento à plataforma.

Os serviços eram vendidos em canais de uma plataforma de compartilhamento de vídeos e ostentavam, sem a autorização devida, a logomarca da plataforma de anúncios.

Além disso, o investigado oferecia mentoria para ensinar a atividade ilícita a outras pessoas interessadas no serviço.Play Video

Durante as investigações, foram identificados mais de 1,5 milhão de anúncios impulsionados indevidamente, gerando prejuízo de cerca de R$ 18 milhões à plataforma.

Foi cumprido mandado de busca e apreensão na residência do investigado. Diversos laptops (foto em destaque) foram apreendidos.

Caso seja condenado, o alvo da operação poderá responder pelo crime contra registro de marca e de concorrência desleal.

Siga ODEMOCRATA no Instagram pelo link www.instagram.com/odemocrata
📰Leia e veja as melhores notícias do Distrito Federal, entorno de Brasília, Brasil e do mundo🌎dando ênfase para notícias regionais📍e de utilidade pública.
✔️ANUNCIE CONOSCO
🟩WhatsApp📱(61)98426-5564📱(61)99414-6986
✅Confira nossa tabela de preço. Fazemos permutas e parcerias🤝🏽
PORTAL DE NOTÍCIAS
📲ODEMOCRATA
🌎SEMPRE CONECTADO COM VOÇÊ🖥️

fonte:

Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *