Depois de fogos de artifício no STF a PMDF nomeia Cláudio Fernando Condi como novo subcomandante-geral - O Democrata - O Democrata O Democrata - Noticia toda hora

Depois de fogos de artifício no STF a PMDF nomeia Cláudio Fernando Condi como novo subcomandante-geral

Claudio Fernando Condi chega após a PMDF não coibir uma manifestação antidemocrática no último sábado (13)

Regional

3 semanas atrás

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) já tem um novo subcomandante-geral. O cargo estava vazio desde o início da semana, após manifestantes soltarem fogos de artifício em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF) e a PMDF não coibir a ação.

O novo subcomandante-geral é o coronel Claudio Fernando Condi. O policial substitui o coronel Sérgio Luiz Ferreira de Souza. A decisão foi publicada no Diário Oficial do DF (DODF) desta sexta-feira (19).

Como o comandante-geral, Julian Rocha Pontes, se recupera de uma infecção de covid-19, Condi já chega para comandar a PMDF neste período.


Fogos

No último sábado (13), manifestantes soltaram rojões em frente ao STF enquanto entoavam palavras antidemocráticas e pediam a saída dos ministros. O governador Ibaneis Rocha considerou que houve omissão da PMDF neste caso e decidiu por exonerar o subcomandante-geral.

Em entrevista ao portal G1, Ibaneis chega a afirmar que a PMDF tinha condições de saber que o ato contra o STF iria ser realizado. “A partir do momento em que eles desmobilizaram o ‘acampamento dos 30’ era facilmente previsível de que aquilo não ficaria sem uma resposta”, afirmou o governador.

Com “Acampamento dos 30”, Ibaneis se refere ao grupo antidemocrático 300 do Brasil, que ficou acampado na Esplanada dos Ministérios até o último sábado (13), quando a PMDF deu fim ao conglomerado.

últimas noticias
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade