‘Micro-ondas ao contrário’ idealizado por alunas do CEMI-Gama fica em 4° colocado em Feira no Peru - O Democrata - O Democrata O Democrata - Noticia toda hora

‘Micro-ondas ao contrário’ idealizado por alunas do CEMI-Gama fica em 4° colocado em Feira no Peru

Além disso, o projeto foi credenciado para participar da Genius Olympiad, que acontece em julho de 2020 nos Estados Unidos

Regional

1 semana atrás

O projeto batizado de ‘micro-ondas ao contrário’, idealizado pelas alunas do Centro de Ensino Médio Integral (CEMI) Adrielle Dantas, Gabrielly Vilaça e Raffaella Gomes, foi 4º colocado na Muestra Cientifica Latino-americana (MCL). A feira foi realizada entre os dias 9 e 15 de setembro, em Trujillo, no Peru.

Ao todo, 220 projetos participaram da feira de ciências. Adrielle, uma das estudantes responsáveis pelo protótipo, descreveu como “incrível” a experiência de participar de uma mostra científica em outro país. As apresentações eram feitas em espanhol, sendo conduzidas pelas próprias estudantes.

“A maior experiência nossa e, o que a gente achou mais incrível, foi estar apresentando em outro idioma e as pessoas conseguirem captar tudo que a gente estava dizendo”, descreve. Ela disse que os expectadores elogiaram o experimento.

Além disso, o projeto foi credenciado para participar da Genius Olympiad, que acontece em julho de 2020 nos Estados Unidos.

Futuro

As três estudantes pretendem seguir na área da engenharia, afim de adquirir experiências para enriquecer o projeto. Adrielle planeja seguir na área de engenharia mecatrônica, enquanto Rafaella pretende cursar engenharia florestal e Gabrielly engenharia agrônoma. Adrielle explica que, por conta do projeto, a paixão que ela tinha por engenharia aumentou.

Ela ainda afirma que o projeto deve ser aprimorado. “A gente começou a trabalhar a possibilidade de aumentar o produto, trabalhar com outros materiais e alimentos”, adianta Adrielle. Ela esclarece que cada recipiente tem um tempo de refrigeração e isso ainda está em estudos.

O projeto

Neste ano, o projeto batizado de ‘micro-ondas ao contrário’ ganhou destaque na imprensa. Diferente do eletrodoméstico tradicional, que esquenta alimentos, o invento refrigera uma recipiente com bebidas em até um minuto.

As estudantes responsáveis pelo protótipo iniciaram o projeto em 2017. Para construir o eletrodoméstico, elas utilizaram peças de computador, tais como coolers (que servem para evitar que os processadores superaqueçam) e pastilhas Peltier (que são coolers termoelétricos para aquecer e esfriar objetos).

A invenção foi apresentada no Circuito de Ciências das Escolas Públicas do Distrito Federal e na exposição de ciências da escola. Com isso, foram selecionadas para levar o equipamento para a Exposição de Ciências, Engenharia, Tecnologia e Educação (EXPOCETI), em Pernambuco. A feira aconteceu entre os dias 24 e 30 de junho e as credenciou para participar da feira de ciências no Peru.

Outros projetos

O CEMI é uma escola já conhecida no Gama por apresentar projetos que se tornam destaque. O diretor da escola, Carlos Lafaiete Formiga, define como “uma felicidade muito grande” ter vários projetos reconhecidos em feiras de ciência.

Do CEMI, sete projetos foram credenciados para participar do FESTIC 2019 Circuito de Ciências das Escolas Públicas do Distrito Federal, que acontece nos dia 24 e 25 de outubro, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade.

Há ainda um projeto de alunos da escola que foi credenciado a participar da XIII Mostra Brasileira de Foguetes e da XVII Jornada de Foguetes, que acontece em Barra do Piraí – RJ, entre os dias 22 a 25 de outubro de 2019.

Para garantir a participação dos alunos na feira, a escola está organizando uma vaquinha online. Para contribuir, basta acessar o link http://vaka.me/707426.

Fonte: REDAÇÃO O DEMOCRATA
últimas noticias
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade