ODemocrata

Caixa de grande vinho Bordeaux é vendida por mais de R$ 400 mil

Bordeaux – Uma caixa com 12 garrafas do célebre vinho Château Cheval Blanc 1947, exemplar “mítico” deste vinho de Bordeaux Saint-Emilion, foi arrematada por 131.600 euros (cerca de R$ 418.570) no início de dezembro – informou nesta segunda-feira (16/12) a casa de leilões Christie’s.

Segundo o comprador, a empresa francesa de comercialização de vinhos Millésimes, trata-se de um dos lotes mais caros já leiloados na França
Segundo o comprador, a empresa francesa de comercialização de vinhos Millésimes, trata-se de um dos lotes mais caros já leiloados na França

Segundo o comprador, a empresa francesa de comercialização de vinhos Millésimes, trata-se de um dos lotes mais caros já leiloados na França. A identidade do vendedor – um colecionador de vinhos francês – não foi revelada.

Albert Bogé, dono do lance vencedor e presidente da Millésimes, comemorou esta aquisição “praticamente única”. Bogé disse à AFP ter ficado surpreso com o arremate, já que não “compareceu a esta venda”, realizada no último 6 de dezembro, em Paris.

“O preço pode parecer muito alto, mas se levarmos em consideração o verdadeiro valor do lote, não é tão caro”, afirmou. “O contexto fez com que isso fosse possível para nós, pois há dois ou três anos não teria dado certo para nossa empresa”, contou o presidente da distribuidora de vinhos, no mercado desde 1984.

A caixa de madeira – a mesma desde 1947 – contém 12 garrafas em embalagens de palha e foi escurecida pelo tempo. As garrafas tiveram que sair da caixa nos anos 1990, quando voltaram ao Château para receber novas rolhas a fim de preservar o sabor único da bebida.

“A safra de 1947 é a melhor do século produzida por esta propriedade, é mítica”, afirmou o Château Cheval Blanc, localizado na região de Saint-Emilion, que confirmou que “os 1947 são muito difíceis de encontrar”.

O Cheval-Blanc 1947 detém o recorde da garrafa de vinho mais cara vendida no mundo: um exemplar de seis litros, comprada por 304.375 dólares (cerca de R$ 700.000) em novembro de 2010. O martelo foi batido pela leiloeira Christie’s, em Genebra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *