ODemocrata

Exército turco usa gás lacrimogêneo para afastar imprensa

As forças de segurança turcas utilizaram nesta segunda-feira gás lacrimogêneo para forçar dezenas de jornalistas e civis curdos a abandonar a área de fronteira próxima da cidade síria de Kobane, cenário de combates entre os curdos e os jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI).

Este é o segundo dia consecutivo em que as Forças Armadas utilizam gás lacrimogêneo para desalojar a região, cada vez mais perigosa em consequência dos lançamentos de morteiro a partir da Síria.

“Saiam ou, caso contrário, vamos agir”, anunciou o exército por alto-falantes.

Os jornalistas, assim como os curdos preocupados com os combates em Kobane – uma cidade curda estratégica -, foram obrigados a recuar a 700 metros da fronteira.

O exército já havia ordenado no domingo a desocupação da região depois que um morteiro feriu cinco pessoas em território turco. (AFP)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *