UFC 281: Adesanya x Poatan, luta é a mais esperada do ano

Foi o último encontro antes da luta, e Alex Poatan e Israel Adesanya elevaram ainda mais o clima de expectativa para o confronto deste sábado em Nova York, na luta pelo cinturão dos médios (até 83,9kg) no UFC 281. Na pesagem cerimonial realizada no Radio City Music Hall, o brasileiro subiu na balança com o rosto pintado como um índio pataxó, um cocar na cabeça e um colar com um dente de onça e ossos da coluna vertebral de um tubarão branco.

– Representando a cultura indígena, representando os povos indígenas. Mas sou mais próximo agora dos pataxós. Isso é muito importante pra mim. Fico muito feliz, é uma energia muito boa. Algumas vezes já fui na tribo pataxó e eles me recebem super bem. É uma energia que tem que ser renovada – disse Poatan ao Combate logo após a encarada.

O campeão Israel Adesanya, que faz neste sábado sua sexta defesa consecutiva do título dos médios no UFC, não fugiu do olho no olho com o brasileiro. Após duas derrotas para Poatan no kickboxing, o nigeriano só quer que chegue logo a luta para escrever um novo capítulo dessa rivalidade.

– Quem quer ouvir “e o novo…” amanhã? E quem quer ouvir “e ainda…”? Não quero mais falar nada, a gente vai ver amanhã – disparou Adesanya em cima do palco após a encarada, entre mais aplausos do que vaias.

Na mesma entrevista que deu ao Combate na saída do palco após a pesagem, Poatan destacou que a chance não chegou rápida para ele no UFC. Há todo um caminho no mundo das lutas e em particular com Adesanya para trazê-lo até aqui.

– Todo mundo sabe (que ele) é um campeão, fez um excelente trabalho, mas eu venho também fazendo ume excelente trabalho. Estou bem, estou preparado para estar fazendo isso, estar lutando, fazendo o que eu gosto (…). Algumas pessoas falam: “ah, são três lutas”, mas para mim nao são só três lutas. É óbvio que a gente tem uma história junto com o campeão, duas vitórias, uma por nocaute, com certeza isso me ajudou. Mas o que venho fazendo dentro da organização é o principal. Se perco alguma dessas três lutas, não estaria aqui hoje.

Na outra luta que vale título no UFC 281, pelo peso-palha (até 52,2kg), Carla Esparza e Weili Zhang fizeram uma encarada tranquila. A chinesa desafiante ao cinturão foi mais ovacionada que a americana campeã. Depois de Zhang agradecer o carinho do público novaiorquino em chinês, Esparza, sob vaias, ressaltou a importância dessa primeira defesa de título.

– Significa muito para mim (essa luta). Lutei oito anos para voltar e ouvir que eu era campeã novamente. Estou muito feliz e mal posso esperar para dar um show no sábado.

Os dois outros brasileiros no card fizeram encaradas sem incidentes, mas com tensão no ar e sem apertos de mãos ou abraços. Em duelo dos leves, Renato Moicano não queria desfazer a encarada e Dana White precisou entrar no meio para encerrar a encarada com Brad Riddell. Wellington Turman e Andre Petroski, que lutam nos médios, também evitaram risos e cumprimentos na encarada.

Confira os resultados completos da pesagem:

CARD PRINCIPAL:
*Peso-médio (até 83,9kg): Israel Adesanya (83,9kg) x Alex Poatan (83,7kg)
*Peso-palha (até 52,2kg): Carla Esparza (52,1kg) x Weili Zhang (52,1kg)
Peso-leve (até 70,8kg): Dustin Poirier (70,8kg) x Michael Chandler (70,7kg)
Peso-galo (até 61,7kg): Frankie Edgar (61,5kg) x Chris Gutierrez (61,7kg)
Peso-leve (até 70,8kg): Dan Hooker x Cláudio Puelles (70,4kg)
CARD PRELIMINAR:
Peso-leve (até 70,8kg): Brad Riddell (70,6kg) x Renato Moicano (70,7kg)
Peso-meio-pesado (até 93,4kg): Dominick Reyes (93,2kg) x Ryan Spann (93,7kg)**
Peso-mosca (até 57,2kg): Molly McCann (56,9kg) x Erin Blanchfield (56,7kg)
Peso-médio (até 84,4kg): Andre Petroski (84,3kg) x Wellington Turman (84kg)
Peso-leve (até 70,8kg): Ottman Azaitar (70,6kg) x Matt Frevola (70,2kg)
Peso-palha (até 52,6kg): Karolina Kowalkiewicz (52,4kg) x Silvana Gomez Juarez (52,4kg)
Peso-pena (até 66,2kg): Mike Trizano (66,9kg)** x Seung Woo Choi (66kg)
Peso-galo (até 61,7kg): Julio Arce (61,6kg) x Montel Jackson (61,6kg)
Peso-meio-pesado (até 93,4kg): Carlos Ulberg (93,1kg) x Nicolae Negumereanu (93,4kg)

* Lutadores sem direito à tolerância de uma libra (0,454kg), por disputarem os cinturões de suas categorias. Todos os demais atletas do card tiveram direito ao benefício.

** Os lutador Mike Trizano e Ryan Spann excederam o limite de peso de suas categorias e tiveram que ceder 20% da bolsa aos respectivos adversários. As lutas estão confirmadas.

Siga o portal ODemocrata no INSTAGRAM pelo link📸www.instagram.com/odemocrata ou FACEBOOK pelo link: www.facebook.com/portalodemocrata , acesse as principais e melhores noticias do Gama, Santa Maria, Entorno, DF, Brasil e do mundo🌎 deixe seu comentário📰📍

✅ ANUNCIE CONOSCO🟩 WhatsApp📱(61) 98426-5564 📱(61) 99414-6986
✅ Confira nossos preços promocionais. Aceitamos permutas e parcerias🤝🏽

📲PORTAL ODEMOCRATA SEMPRE CONECTADO COM VOÇÊ🖥️

fonte:

Combate

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *