ODemocrata

Lancha explode e deixa ao menos três pessoas feridas em clube de Brasília

Dois adultos e uma criança ficaram feridos na explosão da lancha; embarcação pegou fogo durante o abastecimento

Lancha explode em clube em Brasília

A explosão de uma lancha deixou dois adultos e uma criança feridos no Cota Mil Iate Clube, no Setor de Clubes Esportivos Sul, em Brasília, neste domingo (13). Segundo informações de pessoas que estavam no local, a embarcação teria pegado fogo durante o abastecimento em um posto de combustíveis. As vítimas tiveram queimaduras de 1º, 2º e 3º graus em diversas partes do corpo e foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros.

A criança, de 9 anos, foi a mais atingida pelas chamas. Segundo o Corpo de Bombeiros, o menino teve cerca de 70% do corpo queimado, com ferimentos no rosto, no tórax, nos braços e nas pernas.

O pai do menino, um homem de 42 anos, teve aproximadamente 40% do corpo queimado, com ferimentos no rosto, nos braços e nas pernas. Já a terceira vítima, um homem de 68 anos, também familiar da criança, foi socorrido com queimaduras no braço esquerdo e com uma crise nervosa.

Além das vítimas, outras quatro pessoas estavam na embarcação, no entanto, esses passageiros não ficaram feridos.

“Os bombeiros gerenciaram os riscos presentes no cenário da emergência e realizaram ventilação no interior da embarcação, garantido assim, a eliminação dos gases presente no local. Foram acionadas as equipes de peritos do CBMDF, da PCDF e Capitania dos Postos da Marinha do Brasil, para as providencias que o caso requer”, diz a nota do Corpo de Bombeiros.

Seis viaturas, uma embarcação e 28 militares trabalharam no salvamento das vítimas. A perícia deve revelar as causas da explosão. O R7 entrou em contato com a administração do clube e aguarda retorno.

O último caso de uma lancha que pegou fogo no lago Paranoá ocorreu em setembro do ano passado. Na ocasião, as chamas tiveram início quando a embarcação estava estacionada no deque da marina. Três funcionários do local tentaram apagar o fogo, e um deles foi levado ao hospital por causa da quantidade de fumaça inalada. 

fonte:

Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *