Homem mata próprio irmão com 5 tiros na frente do pai e da mãe

Crime ocorreu em Rio Verde, a cerca de 430 km do DF. A equipe de investigação da PCGO prendeu o acusado horas depois do assassinato

Preso - Metrópoles

Após uma discussão diante do pai, da mãe e de outros integrantes da família, um homem de 35 anos atirou cinco vezes e matou o irmão, de 38, em Rio Verde (GO), há aproximadamente 430 km do Distrito Federal, na tarde de segunda-feira (23/10).

Veja a prisão:

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) prendeu o acusado poucas horas depois do crime em um hotel na cidade de Santa Helena de Goiás (GO). As identidades dos envolvidos não foram divulgadas.

O caso é investigado pelo Grupo de Investigação de Homicídios de Rio Verde (8ª DRP). Segundo o delegado Adelson Candeo, o irmão mais novo carregava um caminhão de areia, quando o mais velho chegou ao local.

“O irmão mais velho estava com o carro do pai. Ele havia levado a menina dele para a aula e chegou ao local e começou a discutir com o pai e o irmão”, contou o delegado.

O homem teria acusado o pai e o irmão mais novo de supostamente estarem prejudicando-o em negócios da família. A discussão prosseguiu. O irmão mais novo acabou sacando uma arma, um revólver 38, e desferiu cinco tiros.

Fuga

O pai tentou socorrer o filho para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), a cerca de 18 km. O irmão mais novo entrou no caminhão e fugiu do local. Na sequência, pegou um veículo menor e deixou a cidade.

A equipe de investigação conseguiu encontrá-lo e prendê-lo em flagrante logo depois em Santa Helena de Goiás. Segundo a PCGO, o acusado apresentou a arma do crime.

“Ele confessou o crime. Disse que ficou realmente muito nervoso porque o irmão já tinha o agredido em um momento anterior. Ele dizia que sempre era prejudicado financeiramente, coisa que o pai diz que jamais existiu”, contou o delegado.

Contas e arma

De acordo com Candeo, pouco antes do crime, o pai inclusive mostrou para o filho mais velho as contas dos negócios da família. Mesmo assim, o homem continuou ofendendo, xingando e acusando a família.

Segundo delegado, o acusado declarou que tinha a arma há algum tempo, porque tinha um mercado e já havia sido vítima de roubo. Ela estaria andando com o revólver por medo de novas agressões do irmão.

Siga ODEMOCRATA no Instagram pelo link www.instagram.com/odemocrata
📰Leia e veja as melhores notícias do Distrito Federal, entorno de Brasília, Brasil e do mundo🌎dando ênfase para notícias regionais📍e de utilidade pública.
✔️ANUNCIE CONOSCO
🟩WhatsApp📱(61)98426-5564📱(61)99414-6986
✅Confira nossa tabela de preço. Fazemos permutas e parcerias🤝🏽
PORTAL DE NOTÍCIAS
📲ODEMOCRATA
🌎SEMPRE CONECTADO COM VOÇÊ🖥️

fonte:

Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *