Entregas no Gama: Posto de Saúde n° 7 e Estádio Bezerrão são devolvidos à comunidade

As duas obras, entregues nesta terça-feira, são simbólicas para a cidade

O Governo do Distrito Federal entregou, nesta terça-feira (19), duas importantes obras para a cidade do Gama. São elas a reconstrução do Posto de Saúde n° 8, que agora será Unidade Básica de Saúde (UBS) n° 7; e a reforma do estádio Bezerrão.

Diversas autoridades e lideranças da região compareceram às duas solenidades, entre elas, o governador Ibaneis Rocha (MDB).

“A maior UBS do DF”

A nova UBS n° 7 teve a capacidade de atendimento dobrada. Antes da sua desativação, em 2015, o local atendia 14 mil pessoas. Agora, a previsão é receber 30 mil pacientes, especialmente os moradores da região sul do DF e dos municípios goianos do Entorno Sul.

A UBS teve toda a edificação reestruturada, os ambientes internos foram redistribuídos e a fachada e a cobertura foram renovadas. A área total construída é de 1,8 mil metros quadrados.

“Por diversas vezes estive no Gama, e havia um pedido da população por essa UBS, com a qual os moradores têm um vínculo afetivo. É a maior UBS do DF, e sabemos que as melhorias na saúde do Gama são urgentes”, disse o governador Ibaneis Rocha.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 53407048032_00d1479d79_k-1024x683.jpg

O chefe do GDF também prometeu um novo hospital para a região. A atual estrutura é, nas palavras de Ibaneis, “antiga e obsoleta”. “A necessidade é a construção de um novo hospital”, complementou o governador.

Joseane Feitosa, administradora do Gama, lembrou que o espaço da UBS n° 7 estava abandonado. Ela espera que a nova unidade de saúde desafogue o HRG.

“Esperamos que a UBS 7 possa tornar, novamente, mais eficiente, o atendimento quanto à saúde da nossa comunidade, tentando assim, melhorar e diminuir o número de atendimentos no nosso hospital”, disse a gestora.

A construção da UBS n° 7 recebeu investimento de R$ 8,1 milhões. Enquanto aconteciam as obras, os profissionais lotados na nova unidade de saúde atendiam no Estádio Bezerrão.

Reforma do Bezerrão

Outra obra entregue à comunidade foi a reforma do estádio Valmir Campelo Bezerra, o Bezerrão. Em 2020, com a pandemia, o espaço abrigou um hospital de campanha para atendimento de pacientes com covid-19.

Mesmo com o fim da pandemia, o local nunca mais havia recebido uma partida de futebol. O gramado, por exemplo, ficou deteriorado.

O GDF fez reparos estruturais, recuperação das arquibancadas e do gramado, além da modernização da rede elétrica e do sistema de combate a incêndios. O investimento soma mais de R$ 3,9 milhões.

Celina Leão (PP), que já ocupou o cargo de secretária de Esportes no primeiro mandato de Ibaneis, destacou a importância da entrega. “Essa reforma foi um compromisso assumido pelo governador Ibaneis desde a época em que o hospital de campanha foi instalado. Houve uma comoção, e a cidade entendeu a necessidade. Hoje é um grande dia”, disse a atual vice-governadora.

Também presente na cerimônia de reabertura, o deputado distrital Daniel Donizet (MDB), frisou que o estádio já foi palco de momentos marcantes. “O Bezerrão é um símbolo do Gama e faz parte da história do esporte do DF. Ficamos muito felizes de retomar esse símbolo da cidade e voltar a trazer mais opções de lazer e esporte para os gamenses”, declarou Daniel.

 

Siga ODEMOCRATA no Instagram pelo link www.instagram.com/odemocrata
📰Leia e veja as melhores notícias do Distrito Federal, entorno de Brasília, Brasil e do mundo🌎dando ênfase para notícias regionais📍e de utilidade pública.
✔️ANUNCIE CONOSCO
🟩WhatsApp📱(61)98426-5564📱(61)99414-6986
✅Confira nossa tabela de preço. Fazemos permutas e parcerias🤝🏽
PORTAL DE NOTÍCIAS
📲ODEMOCRATA
🌎SEMPRE CONECTADO COM VOÇÊ🖥️

fonte:

ODEMOCRATA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *