Feminicídio: mulher é assassinada a tiros pelo ex-marido no Gama

Jovem de 26 anos vítima de feminicídio foi morta na tarde desta 4ª feira (10/1). Criminoso está foragido

Uma mulher foi vítima de feminicídio na frente da própria filha, de 5 anos, na tarde desta quarta-feira (10/1). O crime ocorreu na rua, na Quadra 29 do Setor Leste do Gama. O suspeito de matar com pelo menos seis tiros Tainara Kellen Mesquita da Silva, 26, é o ex-marido, Wesly Denny da Silva Melo, 29, que está foragido.

A mãe de Tainara esteve no local, passou mal e precisou ser levada pela irmã ao hospital. Ao Metrópoles, uma vizinha contou que Tainara era uma mulher dedicada à família: “Era uma filha amorosa e uma mãe exemplar”.

Ainda de acordo com essa vizinha, que preferiu não se identificar, Tainara e o ex viviam terminando e se reconciliando. “Ele ameaçava ela demais, era muito possessivo”, contou.

Várias passagens

O principal suspeito do crime, Wesly Denny, é um velho conhecido da polícia e tem pelo menos 11 antecedentes criminais, entre eles duas por Lei Maria da Penha, porte de arma, ameaças, vias de fato e desacato.

Leia também

O crime será investigado pela Polícia Civil (PCDF), por meio 14ª Delegacia de Polícia (Gama). A ocorrência é a primeira tipificada como feminicídio no Distrito Federal em 2024.

Recorde histórico

O Distrito Federal fechou o ano de 2023 com o maior número de feminicídios da série histórica, iniciada em 2012. Trinta mulheres morreram em razão de gênero, segundo dados consolidados da Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF).Play Video

Outros quatro casos de assassinatos de mulheres cometidos no ano passado ainda estão sob investigação. O levantamento da SSP-DF detalha crimes motivados por questões de gênero, com base em dados da Câmara Técnica de Monitoramento de Homicídios e Feminicídios (CTMHF).

O recorde dessas ocorrências havia sido registrado em 2019, quando 28 mulheres foram mortas. Em 2012, quando a lei que tipificou o feminicídio ainda não estava em vigor – a norma seria promulgada só em 2015 –, ocorreram 26 assassinatos que se enquadrariam como feminicídio.

Siga ODEMOCRATA no Instagram pelo link www.instagram.com/odemocrata
📰Leia e veja as melhores notícias do Distrito Federal, entorno de Brasília, Brasil e do mundo🌎dando ênfase para notícias regionais📍e de utilidade pública.
✔️ANUNCIE CONOSCO
🟩WhatsApp📱(61)98426-5564📱(61)99414-6986
✅Confira nossa tabela de preço. Fazemos permutas e parcerias🤝🏽
PORTAL DE NOTÍCIAS
📲ODEMOCRATA
🌎SEMPRE CONECTADO COM VOÇÊ🖥️

fonte:

Metrópoles

One thought on “Feminicídio: mulher é assassinada a tiros pelo ex-marido no Gama

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *