Caso Marielle: delação indica que mandante teria foro privilegiado

Como o acordo de delação premiada de Ronnie Lessa está tramitando no STJ, isso indica que o mandante do crime exerce cargo público

Em curso desde o fim de 2023, o acordo de delação premiada do policial militar reformado Ronnie Lessa, acusado de ser o autor dos disparos que mataram a vereadora Marielle Franco (PSol-RJ) e o motorista Anderson Gomes, em 2018, está tramitando no Superior Tribunal de Justiça (STJ). As informações são do site O Globo.

Isso indica que o mandante do crime contra a parlamentar e o motorista tem foro especial por prerrogativa de função, também conhecido como foro privilegiado — direito atribuído a autoridades que ocupam cargos públicos. Ou seja, significa que o titular desse cargo é submetido a investigação, processo e julgamento por órgão judicial previamente designado, o que não ocorre com pessoas no geral.

infografia preto branco e vermelhos que mostram os detalhes da marielle franco e do anderson gomes Metrópoles

Caio Ayres/Arte Metrópoles

No momento, a delação do policial militar reformado no caso Marielle ainda precisa ser homologada pelo STJ.

O acordo com a Polícia Federal (PF) foi divulgado pelo colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, no último domingo (21/1). Após quase seis anos, a delação de Lessa pode dar um fim ao mistério em torno do caso Marielle.

Caso Marielle teve duas delações

No ano passado, a PF havia firmado acordo de delação premiada com o ex-policial militar Élcio de Queiroz, acusado de dirigir o carro usado na noite do crime.Play Video

À PF Queiroz confessou ter dirigido o Cobalt prata e afirmou que Ronnie Lessa fez os disparos contra o veículo onde estavam Marielle e Anderson com uma submetralhadora.

Em janeiro, o diretor-geral da PF, Andrei Rodrigues, informou em entrevista à CBN que as investigações em torno das mortes serão concluídas até o fim de março.

“É importante dizer que estamos há um ano à frente de uma investigação de um crime que aconteceu há cinco anos, com a convicção de que ainda nesse primeiro trimestre a Polícia Federal dará uma resposta final do caso Marielle”, disse.

Siga ODEMOCRATA no Instagram pelo link www.instagram.com/odemocrata
📰Leia e veja as melhores notícias do Distrito Federal, entorno de Brasília, Brasil e do mundo🌎dando ênfase para notícias regionais📍e de utilidade pública.
✔️ANUNCIE CONOSCO
🟩WhatsApp📱(61)98426-5564📱(61)99414-6986
✅Confira nossa tabela de preço. Fazemos permutas e parcerias🤝🏽
PORTAL DE NOTÍCIAS
📲ODEMOCRATA
🌎SEMPRE CONECTADO COM VOÇÊ🖥️

fonte:

Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *