Relatório da Polícia aponta que advogada teria participado do plano para forjar próprio sequestro

A investigação levanta a hipótese de que Fatica, teve a ajuda do casal de filhos e da amante para sequestrar Anic e para gastar parte do resgate

Advogada Anic de Almeida Peixoto Herdy está desaparecida.

Um relatório da Polícia Civil indica que a advogada desaparecida em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, teria participado, inicialmente, do plano para forjar o próprio sequestro. A investigação levanta a hipótese de que Anic Almeida Peixoto Herdy, de 55 anos, sabia do plano de Lourival Correa Netto Fatiga, que já está preso. O relatório aponta ainda que os dois mantinham um relacionamento amoroso.

Segundo a polícia, há indícios que corroboram essa versão. Um vídeo do estacionamento do shopping, onde ela foi vista pela última vez, mostra Anic colocando algo embaixo do banco do carro. Segundo a polícia, esse objeto seria o celular dela, que foi encontrado depois pelo marido no local. O relatório mostra que, enquanto caminhava no shopping, Anic estava com um aparelho com um chip no nome de Lourival. Ela teria usado este número de celular para falar com ele e encontrá-lo fora do prédio.

Com base na análise de imagens das câmeras de segurança, os dois estiveram juntos no dia do suposto sequestro.

Segundo a polícia, neste dia, Lourival usava um chip no nome de Benjamin Cordeiro Herdy, marido da vítima. O número era usado pela família em um modem portátil que eles levavam em viagens. E esse mesmo chip foi usado como sendo do ‘suposto sequestrador’. Foi dessa linha que Lourival teria mandado mensagens para o marido da vítima anunciando o sequestro de Anic.

As investigações mostram que Lourival desligou o próprio telefone celular no dia do sequestro, entre 09h19 e 15h36, e usou o chip no nome de Benjamin. O telefone faz o mesmo caminho que o carro de Lourival até encontrar com Anic. Segundo a polícia, foi possível observar que quando o chip de Lourival estava desligado, o do sequestrador estava ligado.

Além disso, as imagens das câmeras no entorno do shopping mostram o carro de Lourival, um Jeep Compass preto, passando no sentido em que Anic caminha. Ele leva um minuto para percorrer uma distância de apenas 300 metros, o que leva os investigadores a concluir que Lourival faz uma parada no caminho para Anic entrar no veículo.

O encontro entre os dois não foi comunicado ao empresário e marido da vítima e também não foi declarado em depoimento na delegacia por Lourival, o que chamou a atenção dos investigadores.

Comerciante aponta que eles se apresentavam como namorados

Um comerciante de Foz do Iguaçu relatou à polícia que Anic e Lourival se apresentavam como namorados. A testemunha afirmou em depoimento que o casal mantinha um relacionamento amoroso e que por diversas vezes presenciou os dois se beijando.

Segundo a polícia, o suposto sequestro de Anic tinha o objetivo de extorquir Benjamin Cordeiro Herdy, de 78 anos, marido da vítima. O empresário foi obrigada a pagar pouco mais de R$ 4 milhões pelo suposto resgate.

Siga ODEMOCRATA no Instagram pelo link www.instagram.com/odemocrata
📰Leia e veja as melhores notícias do Distrito Federal, entorno de Brasília, Brasil e do mundo🌎dando ênfase para notícias regionais📍e de utilidade pública.
✔️ANUNCIE CONOSCO
🟩WhatsApp📱(61)98426-5564📱(61)99414-6986
✅Confira nossa tabela de preço. Fazemos permutas e parcerias🤝🏽
PORTAL DE NOTÍCIAS
📲ODEMOCRATA
🌎SEMPRE CONECTADO COM VOÇÊ🖥️

fonte:

g1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *