Intolerantes religiosos golpeiam cabeça de umbandista com facão

Vítima sofreu golpes de facão, socos, chutes e pauladas em Formosa. Agressores foram presos pela PCGO e estão à disposição da Justiça

Vítima - Metrópoles

Dois homens foram presos nessa quarta-feira (22/5) por golpear com um facão e espancar um umbandista em Formosa (GO), no Entorno do Distrito Federal.

Segundo investigação da Polícia Civil de Goiás (PCGO), conduzida pela 11ª Delegacia Regional de Polícia, em conjunto com o 11° Núcleo de Inteligência, o crime foi motivado por intolerância religiosa.

Na madrugada de 9 de janeiro, a dupla o atacou com a arma branca enquanto ele caminhava no Parque Vila Verde. Ele tentou fugir, mas foi alcançado e derrubado pelos agressores, que prosseguiram com socos, chutes e pauladas.Play Video

Os pertences da vítima foram roubados.

“Este é um caso perturbador que destaca a necessidade de vigilância contínua contra a intolerância em todas as suas formas”, disse o delegado José Antônio Machado Sena, da 11ª Delegacia Regional de Formosa.

“A agressão motivada por preconceitos religiosos é particularmente repugnante e não será tolerada. Essas prisões são um lembrete claro de que atos de ódio têm consequências sérias”, destacou o delegado.

“Lapso de memória”

Apesar de confessarem a agressão na delegacia, os suspeitos alegaram não lembrar dos detalhes ou da motivação do crime, atribuindo o “lapso de memória” ao uso de drogas.

Os detidos estão à disposição da justiça. Caso condenados, podem receber pena de até 20 ano de prisão.

Siga ODEMOCRATA no Instagram pelo link www.instagram.com/odemocrata
📰Leia e veja as melhores notícias do Distrito Federal, entorno de Brasília, Brasil e do mundo🌎dando ênfase para notícias regionais📍e de utilidade pública.
✔️ANUNCIE CONOSCO
🟩WhatsApp📱(61)98426-5564📱(61)99414-6986
✅Confira nossa tabela de preço. Fazemos permutas e parcerias🤝🏽
PORTAL DE NOTÍCIAS
📲ODEMOCRATA
🌎SEMPRE CONECTADO COM VOÇÊ🖥️

fonte:

Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *