Terror na esteira: Defesa de pai acusado de homicídio nos EUA alega que criança teve morte ‘natural’

Caso ocorreu em abril de 2021, mas só ganhou maiores proporções no início de maio, com a acusação de Christopher Gregor pelo homicídio do menino

Pai é acusado de homicídio por matar filho, de 6 anos, após obrigá-lo a correr em esteira, nos EUA

Após ser acusado pelo homicídio do filho de seis anos por exaustão, ao forçá-lo a correr em uma esteira, a defesa de Christopher Gregor, 31 anos, contratou um patologista forense, que alega que o pequeno Corey T. Micciolo morreu de “causas naturais”. Anteriormente, o advogado de Gregor, Mario Gallucci, defendeu que a morte do menino teria sido causada por “complicações de pneumonia”, como relatado pela Court TV.

Gregor foi acusado de assassinar seu filho de 6 anos que estava sob seus cuidados em Barnegat, Nova Jersey, nos Estados Unidos. Ele colocou Corey em cima da esteira em movimento e forçou a criança a correr no aparelho até a exaustão. O caso ocorreu em abril de 2021, mas só ganhou maiores proporções no início de maio, com a acusação do pai pelo homicídio do menino.

As imagens mostram quando Corey cai da esteira após correr por um tempo, enquanto velocidade e inclinação eram aumentadas pelo pai. Imediatamente e de forma truculenta, Christopher o coloca de volta no aparelho. Segundo o New York Post, o pai chega a morder a cabeça da criança, que ele dizia estar “gorda demais”.

No dia seguinte ao incidente, a criança acordou com dificuldade de articular palavras, problemas para andar, falta de ar, enjoos e tontura. Ele foi levado para o hospital e teve convulsão enquanto realizava uma tomografia computadorizada.

Um patologista forense teria encontrado lesões por impacto contundente no peito e abdômen da criança, com laceração no coração, contusão pulmonar esquerda e laceração e contusão no fígado. A causa da morte de Corey foi apontada como “resultado de ferimentos contundentes com contusões cardíacas e hepáticas com inflamação aguda e sepse”, segundo o NY Post.

Veja o vídeo abaixo

Após a divulgação do vídeo, Gregor então foi inicialmente preso por colocar em risco o bem-estar da criança. No entanto, conseguiu liberdade após pagar fiança. Uma revisão do caso por um perito do Ministério Público do Condado de Ocean, em Nova Jersey, mostrou que as circunstâncias sustentavam uma acusação formal de homicídio, de acordo com uma declaração conjunta do promotor do condado de Ocean, Bradley Billhimer, e do chefe de polícia de Barnegat, Keith Germain.

Christopher Gregor, 31, é acusado de homicídio contra o filho de seis anos nos Estados Unidos — Foto: Reprodução
Christopher Gregor, 31, é acusado de homicídio contra o filho de seis anos nos Estados Unidos — Foto: Reprodução

Os pais de Corey compartilhavam a guarda conjunta da criança. A mãe, Breanna Micciolo, disse que Gregor não esteve presente na vida do filho até os quatro anos. Ainda conforme o portal, ela teria denunciado o homem por abuso mais de cem vezes, mas não obteve respostas das autoridades. Breanna chegou a processar a Divisão de Proteção e Permanência Infantil de Nova Jersey por não proteger Corey adequadamente.

Pai foi visto com filho no hospital após forçá-lo a correr na esteira

Gregor foi visto levando o filho a uma unidade hospitalar em New Jersey após forçar a criança a correr até a exaustão na esteira. As imagens foram transmitidas ao longo do julgamento.

Nas imagens, é possível ver Gregor entrando na unidade hospitalar com o pequeno Corey em seus braços em 2 de abril de 2021. O homem se encaminha para a recepção ainda com a criança no colo. Um dos profissionais do hospital se aproxima dos dois e coloca uma espécie de identificação no pulso do menino. A filmagem foi divulgada pela CourtTV.

William Doyle, uma das enfermeiras que estava de plantão no dia, prestou depoimento e alegou que o menino mal se mexeu enquanto estava no colo do pai. “Respirações terríveis, quase de fim de vida”, afirmou a profissional. Ela ainda acrescentou que Corey não apresentava sinais que teria condições de fala. As informações foram compartilhadas pelo jornal New York Post.

Siga ODEMOCRATA no Instagram pelo link www.instagram.com/odemocrata
📰Leia e veja as melhores notícias do Distrito Federal, entorno de Brasília, Brasil e do mundo🌎dando ênfase para notícias regionais📍e de utilidade pública.
✔️ANUNCIE CONOSCO
🟩WhatsApp📱(61)98426-5564📱(61)99414-6986
✅Confira nossa tabela de preço. Fazemos permutas e parcerias🤝🏽
PORTAL DE NOTÍCIAS
📲ODEMOCRATA
🌎SEMPRE CONECTADO COM VOÇÊ🖥️

fonte:

O GLOBO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *