Concurso Nacional Unificado: três bancas na disputa; confira quais!

De acordo com o cronograma divulgado pelo governo federal, a previsão é que o edital de abertura do certame seja publicado até o dia 20 de dezembro de 2023

Fontes ligadas ao Ministério da Gestão e Inovação (MGI) confirmaram ao Direção Concursos que, das cinco empresas que apresentaram propostas, a disputa pela organização do certame deve ficar entre as bancas CebraspeFGV e Cesgranrio.

A expectativa é que o anúncio da banca escolhida ocorra nos próximos dias já que, no dia 29 de novembro, o MGI fará um seminário com o tema “Concursos públicos: fazer diferente para fazer a diferença”. Segundo o cronograma oficial, o evento contará com a presença da banca organizadora contratada.

O Concurso Nacional Unificado ofertará 6.640 vagas de níveis médio e superior para diversos cargos do Poder Executivo Federal. Os salários iniciais podem chegar a até R$ 23 mil.

Antes de prosseguir, confira os descontos SURREAIS que o Direção preparou para você na Black Friday e inicie agora mesmo a MELHOR PREPARAÇÃO para seu tão sonhado cargo público!

Edital e provas do Concurso Nacional Unificado

De acordo com o cronograma divulgado pelo governo federal, a previsão é que o edital de abertura do certame seja publicado até o dia 20 de dezembro de 2023.

As provas objetivas e discursivas, por sua vez, poderão ser aplicadas entre os meses de fevereiro e março de 2024.

Concurso Nacional Unificado: 6.640 vagas

Confira, ainda, quais serão os órgãos com oportunidades no CNU e o respectivo número de vagas oferecido:

  • Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI): 1.480 vagas (incluindo as vagas transversais)
  • Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC): 110 vagas
  • Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ): 30 vagas
  • Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL): 40 vagas
  • Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa): 520 vagas
  • Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra): 742 vagas
  • Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI): 296 vagas
  • Ministério dos Direitos Humanos: 40 vagas
  • Ministério da Educação: 70 vagas
  • Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai): 502 vagas
  • Ministério da Saúde (MS): 220 vagas
  • Superintendência Nacional de Previdência Complementar (PREVIC): 40 vagas
  • Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP): 130 vagas
  • Ministério do Trabalho e Emprego (MTE): 900 vagas
  • Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS): 35 vagas
  • Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE): 895 vagas
  • Advocacia-Geral da União (AGU): 400 vagas
  • Ministério dos Povos Indígenas (MPI): 30 vagas
  • Ministério do Planejamento e Orçamento (MPO): 60 vagas
  • Ministério da Cultura (MinC): 50 vagas
  • Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep): 50 vagas

Resumo do Concurso Nacional Unificado

  • Situação: regulamento publicado
  • Vagas: 6.640 (até o momento)
  • Cargos: diversos
  • Escolaridade: níveis médio e superior
  • Salários iniciais: até R$ 22,9 mil (cargo: AFT)
  • Este será o primeiro edital do Concurso Nacional Unificado

Siga ODEMOCRATA no Instagram pelo link www.instagram.com/odemocrata
📰Leia e veja as melhores notícias do Distrito Federal, entorno de Brasília, Brasil e do mundo🌎dando ênfase para notícias regionais📍e de utilidade pública.
✔️ANUNCIE CONOSCO
🟩WhatsApp📱(61)98426-5564📱(61)99414-6986
✅Confira nossa tabela de preço. Fazemos permutas e parcerias🤝🏽
PORTAL DE NOTÍCIAS
📲ODEMOCRATA
🌎SEMPRE CONECTADO COM VOÇÊ🖥️

fonte:

Direção concursos/Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *