Pessoa com dedo indicador mais curto que o anelar pode ser psicopata, revela estudo

Cientistas associaram o traço biológico a possíveis problemas psiquiátricos clinicamente diagnosticados

Pessoa com dedo indicador mais curto que o anelar pode ser psicopata, revela estudo
(Foto: Pixabay)

Você pode ser um psicopata e, segundo estudo que sai na edição de fevereiro da revista científica The Journal of Psychiatric Research, a prova está nas suas mãos. Pesquisadores analisaram o comprimento dos dedos de voluntários com problemas psiquiátricos clinicamente diagnosticados para determinar se a psicopatia tem “raízes biológicas”.

Como mostra o jornal americano New York Post, a equipe descobriu que as pessoas com dedos indicadores mais curtos que os anelares teriam maior probabilidade de sofrer de distúrbio psiquiátrico, como a psicopatia.

O estudo aponta que, aqueles que têm uma menor proporção 2D:4D (divisão do comprimento do dedo indicador pelo do anelar), são associados aos traços da “tríade negra” da psicologia (narcisismo, maquiavelismo e psicopatia) e ao comportamento agressivo.

Para chegar a essa conclusão, foram recrutados 80 voluntários: 44 com problemas psiquiátricos e 36 indivíduos saudáveis (grupo de controle), sem nenhum problema mental diagnosticado.

Análise das mãos revela que “em comparação com controlos saudáveis, os indivíduos com um problema psiquiátrico clinicamente diagnosticado eram mais propensos a ter um dedo indicador mais curto e um dedo anelar mais longo”.

Os cientistas descobriram que, em comparação com o grupo de controle (saudável), os indivíduos com um problema psiquiátrico clinicamente diagnosticado eram mais propensos a ter o dedo indicador mais curto e o anelar mais longo.

Os resultados também confirmaram que “proporções 2D:4D mais baixas foram associadas a características mais altas da ‘tríade negra’”, de acordo com o New York Post.

Citado pelo jornal americano, o principal autor do estudo, Serge Brand, da Universidade Uni Kermanshah de Ciências Médicas, em Kermanshah, no Irã, pessoas com dedos indicadores mais curtos não devem se preocupar, já que é uma característica muito comum.

Uma proporção 2D: 4D mais baixa também está associada a um nível mais alto de testosterona no pré-natal e a uma menor exposição ao estrogênio durante o primeiro trimestre da fase fetal, explica o cientista.

No entanto, ele acrescenta: “É importante compreender que a proporção do comprimento dos dedos como resultado de uma exposição específica a esteroides sexuais pré-natais não deve ser entendida como o destino irrevogável de uma pessoa.”

Siga ODEMOCRATA no Instagram pelo link www.instagram.com/odemocrata
📰Leia e veja as melhores notícias do Distrito Federal, entorno de Brasília, Brasil e do mundo🌎dando ênfase para notícias regionais📍e de utilidade pública.
✔️ANUNCIE CONOSCO
🟩WhatsApp📱(61)98426-5564📱(61)99414-6986
✅Confira nossa tabela de preço. Fazemos permutas e parcerias🤝🏽
PORTAL DE NOTÍCIAS
📲ODEMOCRATA
🌎SEMPRE CONECTADO COM VOÇÊ🖥️

fonte:

#trendsbr

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *