Novo Gama vai receber nova unidade prisional no segundo semestre

A UPR de Novo Gama, no Entorno, deve ser inaugurada ainda este ano, ao custo de R$ 17,8 milhões, e promete desafogar o sistema carcerário na região, além de adotar protocolos similares aos de presídios de segurança máxima

Depois da inauguração do Hospital Estadual de Águas Lindas, outra obra de grande porte no Entorno promete chamar bastante a atenção e ser uma das principais marcas da ação do Governo de Goiás na região em 2024. Trata-se da construção da Unidade Prisional de Novo Gama (UPR), que deverá ser entregue no segundo semestre. Mais de 80% da estrutura já está pronta, sendo a obra executada pela Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), em conjunto com a Diretoria-Geral da Polícia Penal e sob a supervisão da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra).

O investimento é de R$ 17,8 milhões e o principal objetivo é desafogar o sistema carcerário na região. A UPR, que está localizada em um terreno de 40 mil metros quadrados, com área construída de mais de 5,6 mil metros quadrados, terá capacidade para abrigar até 300 detentos distribuídos em quatro alas e seguirá protocolos compatíveis com os de presídios de segurança máxima. “Em Goiás, bandidos sabem que tem o rigor da lei. Aqui, penitenciária não é parque de diversão”, ressalta o governador Ronaldo Caiado (UB). E complementa: “Um dos princípios que nos deram governabilidade foi respaldar o trabalho das tropas de segurança. Nossos policiais prestam um serviço de excelência”.

Redução da criminalidade

Além de Novo Gama, todo o Entorno tem recebido investimentos expressivos do governo estadual em segurança pública desde 2019, com recursos que somam mais de R$ 108 milhões. Planaltina de Goiás e Águas Lindas de Goiás, por exemplo, também ganharam unidades prisionais. O custo foi em torno de R$ 45 milhões em estrutura e equipamentos em ambos os locais.

Outras ações em segurança na região que merecem destaque são a instalação da 20ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) em Formosa e a transformação da 11ª Companhia Independente (CIPM) em Batalhão (52º BPM), em Santo Antônio do Descoberto. As cidades de Luziânia, Formosa e Águas Lindas receberam, ainda, R$ 38,7 milhões em viaturas e equipamentos.

Estas e outras iniciativas, como a inserção de mais viaturas e policiais nas ruas, ações preventivas e ostensivas, além do reforço com patrulhamento tático do Batalhão de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana (Rotam) na região, reduziram em mais de 80% os índices de criminalidade no Entorno, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP). “Temos a melhor segurança pública, somos referência e continuaremos mostrando esses resultados”, conclui o titular da pasta, Renato Brum.

Siga ODEMOCRATA no Instagram pelo link www.instagram.com/odemocrata
📰Leia e veja as melhores notícias do Distrito Federal, entorno de Brasília, Brasil e do mundo🌎dando ênfase para notícias regionais📍e de utilidade pública.
✔️ANUNCIE CONOSCO
🟩WhatsApp📱(61)98426-5564📱(61)99414-6986
✅Confira nossa tabela de preço. Fazemos permutas e parcerias🤝🏽
PORTAL DE NOTÍCIAS
📲ODEMOCRATA
🌎SEMPRE CONECTADO COM VOÇÊ🖥️

fonte:

JORNAL OPÇÃO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *